• Anteprojeto
  • Estudos preliminares
Abrir Menu

Perguntas Frequentes

O que é o Projeteee?

A plataforma Projeteee – Projetando Edificações Energeticamente Eficientes – apresenta dados de caracterização climática de mais de 400 cidades brasileiras, com indicação das estratégias de projeto mais apropriadas a cada região e detalhamentos da aplicação prática destas estratégias.

Quem criou a plataforma?

O Projeteee é resultado de uma contratação no âmbito Projeto “Transformação do Mercado de Eficiência Energética no Brasil” para dar continuidade ao trabalho desenvolvido pelo PROCEL/Eletrobrás e a Universidade Federal de Santa Catarina, com o intuito de fortalecer a capacitação técnica e contribuir com referências para o desenvolvimento de projetos de edifícios eficientes.

O Projeto “Transformação do Mercado de Eficiência Energética no Brasil” tem o objetivo de influenciar e desenvolver o mercado de eficiência energética em edificações comerciais e públicas.

O Projeto é executado pelo Ministério de Meio Ambiente (MMA), por meio da Secretaria de Mudanças Climáticas e Qualidade Ambiental (SMCQ), em cooperação com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), e é financiado pelo Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF), Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e pelo Fundo Multilateral do Protocolo de Montreal (MLF).

Para que serve a plataforma?

A plataforma Projeteee serve como local de consulta de informações teóricas e práticas, direcionadas tanto para profissionais que já integram a seus projetos a variável da eficiência energética, assim como para estudantes e profissionais que ainda buscam referências para internalizar elementos bioclimáticos em seus trabalhos.

O que significa mostrar a etapa de projeto na primeira página da plataforma?

A plataforma foi concebida para dar informações em duas etapas distintas do projeto. As primeiras análises devem ser feitas durante os Estudos Preliminares, pois nesta fase analisar o ambiente é determinante para avançar com um projeto eficiente.

Em um segundo momento, com o anteprojeto já definido, é hora de analisar os componentes construtivos e escolher equipamentos adequados ao clima local.

Quais etapas eu devo seguir para conseguir analisar minha cidade?

Aconselhamos aos usuários acessar o Tutorial e assistir ao vídeo informativo para entender como melhor utilizar a plataforma Projeteee.

Minha cidade não aparece na pesquisa de busca.

O Projeteee possui um banco de dados de 413 cidades brasileiras. Caso a sua cidade não se encontre listada na plataforma, procure por uma cidade próxima que tenha as mesmas características de latitude ou esteja na mesma zona bioclimática da sua cidade. Para mais informações sobre zoneamento bioclimático brasileiro acesse o site:

http://www.labeee.ufsc.br/sites/default/files/projetos/normalizacao/Termica_parte3_SET2004.pdf

De onde vêm os dados climáticos apresentados na plataforma?

Os arquivos climáticos foram obtidos da base de dados disponibilizada pelo LabEEE.

http://www.labeee.ufsc.br/downloads/arquivos-climaticos/inmet2016

Como é calculado o índice de aplicabilidade de uma estratégia bioclimática?

O índice de aplicabilidade é calculado de acordo com o percentual de horas do ano em que os dados de temperatura e umidade aparecem dentro dos limites definidos para cada estratégia, sobre a carta bioclimática de Givoni.

Quando devo utilizar as estratégias bioclimáticas?

Estudos Bioclimáticos devem ser considerados premissas de projeto e fazem parte da etapa inicial do planejamento de um desenho arquitetônico. O uso de diretrizes e estratégias bioclimáticas na concepção dos projetos permite planejar edificações que ofereçam conforto térmico adequado aos usuários, nos diferentes climas e zonas bioclimáticas brasileiras.

Quais são as principais estratégias bioclimáticas apresentadas no Projeteee?

Aquecimento solar passivo; Inércia Térmica para Aquecimento; Inércia Térmica para Resfriamento; Resfriamento Evaporativo; Sombreamento e Ventilação Natural.

Quais as principais estratégias de projeto descritas no Projeteee?

O Projeteee apresenta diversas estratégias de projeto que podem ser usadas para se alcançar o máximo aproveitamento bioclimático disponível na região.

Abaixo estão listadas as estratégias apresentadas:

  1. Aberturas em Apenas 1 Face
  2. Água na Cobertura
  3. Aquários ou Piscinas Internas sem Exposição ao Sol
  4. Aumentando o Diferencial de Pressão
  5. Captação com Uso da Vegetação
  6. Cobertura e Parede Ventilada
  7. Componentes Internos e Aquecimento Solar Passivo
  8. Componentes Internos sem Exposição ao Sol
  9. Edificações Semienterradas
  10. Efeito Chaminé
  11. Efeito Chaminé – Fluxo Acelerado
  12. Efeito Chaminé – Fluxo Interno
  13. Envelope de Alta Inércia Térmica
  14. Estufa
  15. Fontes de Água em Pátios Internos
  16. Isolamento Térmico
  17. Melhor Orientação e o que Sombrear
  18. Microaspersão
  19. Microclima Local
  20. Parede com Isolante Térmico Externo e Ventilação Noturna
  21. Parede Trombe
  22. Parede Verde
  23. Paredes – Aquecimento Solar Passivo
  24. Paredes de Água com Isolante Externo
  25. Piso – Aquecimento Solar Passivo
  26. Piso – Ventilação Noturna
  27. Projeto de Proteção Solar
  28. Quebra-vento
  29. Resfriador Evaporativo Compacto
  30. Resfriamento Radiante Noturno
  31. Sítio e Orientação
  32. Tanque de Água na Cobertura
  33. Teto Jardim
  34. Tipos de Proteção Solar
  35. Torre de Resfriamento Evaporativo
  36. Torres de Vento
  37. Tubos Enterrados (Água)
  38. Tubos Enterrados (Ar)
  39. Uso da Carta Solar
  40. Ventilação Cruzada
  41. Ventilação Cruzada – Janelas
  42. Ventilação Cruzada – Plantas Abertas
  43. Ventilação Cruzada – Volumetria
  44. Ventilação em Pátios Internos
  45. Ventilação Mecânica Auxiliar
  46. Ventilação Noturna

Quantas estratégias de projeto devo utilizar?

Você pode utilizar quantas estratégias considerar adequadas ao seu projeto, de acordo com a viabilidade financeira, técnica e ambiental.

Posso usar uma estratégia de uma zona bioclimática em outra zona?

Não. Cada zona bioclimática possui as suas diretrizes específicas. O uso de uma estratégia inadequada pode comprometer o conforto térmico do seu ambiente.

É possível refinar minha pesquisa escolhendo estação do ano e horário a ser avaliado?

Sim. As análises podem ser feitas de forma genérica, sem escolha de um período especifico e também podem ser feitas com a escolha de diferentes períodos do dia e estações do ano. Este refinamento na pesquisa permite uma análise mais detalhada do comportamento do clima local, principalmente em regiões onde há grande amplitude térmica.

Quais as informações podem ser vistas na Carta Solar?

Os diagramas ou cartas solares são representações do percurso do Sol na abóbada celeste nas diferentes horas do dia e períodos do ano. Nelas são desenhadas as projeções da trajetória do Sol em datas particulares – solstícios e os equinócios – e em algumas outras datas intermediárias. A carta solar, além de variar em função da data e da hora, também é especifica para a latitude do lugar.

Podemos verificar a quantidade de horas em que cada ponto de medição estaria exposto nos solstícios de verão e inverno e no equinócio e isso, aliado à orientação de edifício e a posição do Sol, determina as sombras projetadas pelo edifício, em função da data e da hora, sobre pisos dos espaços externos, sobre outros prédios e sobre si mesmo.

Assim sendo, o conhecimento de como o Sol percorre o céu de determinada localidade em função do dia/mês do ano, de quanto tempo ele fica acima do horizonte e como aproveitar o calor solar quando houver interesse em aquecer e evitando ou protegendo as construções quando o clima for quente é fundamental na hora de projetar.

(Fonte: https://analisegeo.wordpress.com/carta-solar/)

Onde encontro informações sobre o Zoneamento Bioclimático Brasileiro?

Você pode acessar o desempenho térmico de edificações Parte 3: Zoneamento bioclimático brasileiro e diretrizes construtiva para habitações unifamiliares de interesse social no endereço:

http://www.labeee.ufsc.br/sites/default/files/projetos/normalizacao/Termica_parte3_SET2004.pdf

Posso fazer uso de estratégias bioclimáticas para uma edificação construída?

A análise bioclimática deve ser feita antes da concepção do projeto, pois ela será a norteadora para o desenvolvimento de um projeto eficiente termicamente. Em uma edificação construída podemos utilizar as estratégias para corrigir eventuais problemas existentes (insolação direta, ventilação ineficiente, etc.), mas é importante destacar que os custos associados à correção de problemas são sempre maiores do que aqueles associados ao desenvolvimento de um projeto eficiente.

Os gráficos de radiação solar servem pra que?

A radiação solar é uma das importantes variáveis em um projeto bioclimático, influindo no ganho de calor do edifício, além de promover iluminação natural.

Radiação solar é a energia emitida pelo Sol, que se propaga através de ondas eletromagnéticas num espaço vazio ou em meio material. O espectro solar abrange 3 faixas de comprimento de onda que são denominadas de acordo com sua natureza em: radiação ultravioleta, visível e infravermelha. (CASTRO, 2006; FROTA; SCHIFFER, 2000; GUTIERREZ, 2004).

A orientação do edifício influi sensivelmente na quantia de calor por ele recebida e o uso adequado da orientação em função da radiação solar implica em conforto para a edificação e menores consumos de energia (MASCARÓ, 1991).

De acordo com Frota; Schiffer (2000), para proteger o edifício da excessiva radiação, deve-se determinar a posição do Sol para o local em questão e a época do ano em que se deseja barrar seus raios diretos. Para que isso possa ser feito deve-se recorrer à geometria da insolação que possibilitará determinar graficamente os ângulos de incidência do sol em função da latitude, hora e época do ano.

O estudo da melhor orientação das fachadas em função do clima local se faz de grande importância, dispensando na maioria dos casos o uso de dispositivos artificiais para iluminação e condicionamento.

A análise da radiação solar também serve para o dimensionamento de sistemas fotovoltaicos de geração de energia.

Por que alguns gráficos de radiação estão diferentes de outros?

Os gráficos foram gerados pelo software Sol-Ar. As cidades que estão no seu banco de dados possuem informações suficientes para que a radiação solar possa ser plotada na carta solar da referida cidade, criando um gráfico em que é possível verificar quantos Watts por metro quadrado são disponibilizados naquela região (essa é uma unidade de densidade de potência, indicando quanta energia por unidade de tempo incide sobre uma determinada área).

As cidades do Projeteee que não estão contempladas no Sol-Ar possuem apenas a carta solar sem a plotagem da radiação solar.

O que é a parte chamada Componentes Construtivos?

O Projeteee disponibiliza informações sobre os componentes construtivos mais usuais na construção brasileira. Estão separados por tipo: Paredes, Pisos e Coberturas e Vidros.

Sobre as Paredes e Coberturas quais tipos de informação estão disponibilizadas?

As tipologias construtivas de parede apresentadas no Projeteeepossuem informações sobre tipo de material usado na sua composição, espessura destes materiais, e os cálculos das propriedades térmicas do conjunto referentes a U, CT e α (U=Transmitância Térmica, CT=Capacidade Térmica, α=Absortância à radiação solar).  Estes três últimos valores servem como referência para a análise do desempenho térmico desta composição de paredes, de acordo com a zona bioclimática do projeto.

Mais informações na NBR 15.220-2 ou http://www.labeee.ufsc.br/sites/default/files/projetos/normalizacao/Termica_parte2_SET2004.pdf

Sobre os vidros, quais informações podemos encontrar?

Podemos encontrar as características de vários tipos de vidro, tais como: Resistência Térmica; Transmitância Térmica; Fator Solar; Transmissão Luminosa; Reflexão Luminosa Externa. Pode-se desta forma comparar o custo dos produtos existentes no mercado e especificar o vidro capaz de controlar a entrada da radiação solar, assim como do calor proveniente do sol, possibilitando a especificação de máquinas adequadas para o condicionamento de ar e a redução dos custos com energia elétrica.

O que é o seletor de NBR 15575 existente na página de componentes construtivos?

Quando habilitamos o botão NBR 15575, só aparecem os componentes que atendem ao requisito de Transmitância e Capacidade Térmica da zona climática estudada.
Foram considerados valor de absorbância baixa (<0,4). Para valores maiores, devem-se usar valores de transmitância menores de acordo com a norma NBR 15.575 e o RTQ-R.

Pretendo usar um sistema construtivo que não está listado. Como proceder?

Pode ser utilizada a Calculadora de Materiais para simular o comportamento do conjunto que se deseja adotar. Mais informações no Tutorial.

Sou fornecedor. Quero incluir referência de materiais que não estão na lista de componentes construtivos. Como devo proceder?

Acesse a aba superior direita chamada Colabore e envie todos os dados do seu material para a equipe do Projeteee avaliar. Entraremos em contato.

Como posso incluir modelos de dispositivos que não estão listados na aba equipamentos?

Acesse a aba superior direita chamada Colabore e envie todos os dados do seu material para a equipe do Projeteee avaliar. Entraremos em contato.

Categorias

Não encontrou sua resposta?

Envie sua dúvida pra gente